quinta-feira, 3 de maio de 2012

Cotas raciais, ou racismo?

 
    Estava faltando a decretação do racismo no Brasil!

    Agora não falta mais. O STF acabou de aprovar a cota racial nas universidades brasileiras para os negros e assemelhados,  relegando às trevas a Constituição Federal no seu Artigo 5o., segundo o qual todos são iguais perante a lei sem distinção de qualquer natureza. 




    Fica entendido então,  que um negro vale mais que um branco na hora de ingressar numa universidade?

    Quem pode avaliar se sou branco ou afrodescendente?

    Para comprovar a incompetência de avaliadores, a revista VEJA em sua Edição de número 2267, de 02 de maio de 2012,  publicou a pérola abaixo:






    Por que não criar cotas sociais, onde a condição econômica de cada  candidato poderia ser facilmente investigada e contemplaria um número maior de pretendentes?

    Nosso miscigenado  país ,- verdadeiro caldeirão étnico sem precedentes no mundo-, ainda terá muito que crescer culturalmente até alcançar um patamar ideal na escala evolutiva da humanidade!

    "Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra". Bob Marley. 

    "Menos que um fato biológico, raça é um mito social, e como tal, tem causado em anos recentes, pesados danos em termos de vidas e de sofrimento humanos". UNESCO, 18 de julho de 1950.C

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece sobremaneira o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.