sábado, 31 de outubro de 2015

"O Cérebro do Coração"



Imagem Daqui
      Estamos agindo mais com a Emoção do que com a Razão, atualmente?



     A julgar pelas atitudes em nosso cotidiano, estamos sim, agindo mais sob a influência da Emoção, em prejuízo do uso da Razão!

     " O coração tem razões que a própria razão desconhece". Blaise Pascal.

     Ao dizer que o coração tem suas próprias razões, Pascal está afirmando que as emoções, os sentimentos ou as paixões são causas de muito do que fazemos, dizemos, queremos e pensamos.  Que nossa vida emocional possui causas e motivos - as razões do coração -, que são as paixões e os sentimentos, e é diferente de nossa atividade consciente, seja como atividade intelectual, seja como atividade moral.

    Mas, Pascal saberia responder o que curiosos acontecimentos nos dias de hoje, vêm assombrando  médicos e pesquisadores:?

     "Era uma vez um cinquentão calmo, de  vida feita, que adorava música erudita até que um dia, após ter feito um transplante cardíaco, passou a agir como jovem e a ouvir heavy metal em alto volume. O doador de seu coração era um rapaz de vinte anos, morto em um acidente de moto.

     Depois, soube-se do caso de uma senhora muito recatada que também sofreu um transplante no qual herdou o coração de outra mulher - esta, de temperamento bem diferente, grande apreciadora de sexo. Para surpresa do marido, seu comportamento conjugal mudou radicalmente dali por diante.

     Mais espantosa, ainda, foi a história da menina de dez anos que recebeu o coração de outra de oito, poucas horas depois de esta ter sido assassinada.  Tempos depois, ao fim de uma sucessão de pesadelos, ela reviveu a cena fatal de sua doadora - o rosto do assassino, uma  arma, um lugar.  A polícia foi informada e capturou o criminoso, que confessou tudo.

     Foram histórias assim, que animaram o médico americano Paul Pearsall, ele próprio salvo de um câncer nos ossos por um transplante de medula, a investigar se haveria algum tipo de energia, ou memória, que passasse de uma pessoa para outra através do coração.

     Por dez anos ele ouviu casos e juntou depoimentos.  Ao final, selecionou cerca de 150 episódios de gente que dizia ter experimentado alterações relacionadas, de algum modo, à pessoa do doador.  Destes, 73 eram realmente intrigantes - todos de cardíacos de grande percepção, que ele mesmo denominou cardiossensíveis, com histórias parecidas com as três acima descritas".

     Portanto, podemos concluir, como muitos já afirmaram: O Coração tem Cérebro.

    "Purifica o teu coração antes de permitires que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azeda num recipiente sujo". Pitágoras.

25 comentários:

  1. Oi Vitor!
    Belo texto! Concordo que nosso coração registra a energia de nossos sentimentos.
    Interessantes relatos!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que temos muito ainda a aprender com nosso coração, Jossara!
      Beijo carinhoso!

      Excluir
  2. Fabuloso relato, que bonito. Yo creo que el corazón para bien o para mal dirige nuestra vida, bueno por lo menos la mía. Un fuerte abrazo para ti y tu familia. Buen día.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sí, Lola también lo creo!
      Fuerte abrazo!

      Excluir
  3. Buen post Victor
    Yo pienso que manda más el corazón que la razón siempre.
    Un abrazo

    ResponderExcluir
  4. Vitor, nessa semana que passou assisti a um programa na TV Cultura que abordava justamente esse assunto e citaram o caso dos transplantes.
    A conclusão é mesmo que nosso coração tem um cérebro!
    Então cuidemos para nào azedá-lo!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi lá que me interessei pelo assunto, Ana Paula.
      Abraço!

      Excluir
  5. Olá, Vitor!
    Realmente intrigante. Eu iria até mais além - TALVEZ o DNA tenha cérebro: O que se diz em muitos casos "vidas passadas".
    Eu conheço uma moça que "lembra" em detalhes, ter morado na cidade vizinha, na casa de sua bisavó, à época dela.
    Fui vizinha de um homem espírita que se envolvia em fenômenos onde eu imaginava serem "leituras de inconsciente" ou algo assim - no entender dele, era comunicação com os mortos.

    Um abraço envolto em mistérios!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Cristina!
    O coração realmente, é um poço de mistérios!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Oi Vitor muito interessante...
    Já me questionei algumas vezes sobre isso...
    e obtive alguns risos; é bom saber que existe pesquisas...
    Acho que faz alguns meses que não o visito...
    Então bom começo de novembro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que torna esse assunto interessante, é que a Ciência acaba comprovando o que diversos povos mais ligados
      ao emocional e mais humanizados, como os povos primitivos (certas tribos), há muito tempo já conheciam.
      Bom começo de Novembro a você também!

      Excluir
  8. Continuo pensando como Pascal: o coração tem razões, k a razão desconhece. Os casos, aqui expostos, confirmam, na perfeição, as teorias desses investigadores. O coração tem um cérebro muito especial, aliás, é um órgão completíssimo. Se o cérebro for mexido é que poderemos ter comportamentos bem diferentes dos k antes tínhamos, mas se de coração se trata, então tudo bem.
    Agradeço sua visita, embora sem um tiquinho de palavras. Fico esperando você, então! Gracias!

    Beijos e boa semana para você e sua linda mulher

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enfim, podemos confiar cegamente, nos sentimentos do coração, certo, Céu!
      Beijos!

      Excluir
  9. Fiquei muito surpreendida com estas histórias: Fantásticas, no mínimo. E isto só prova que o homem ainda tem muito a descobrir sobre o funcionamento dos nossos órgãos.
    E ainda bem! Afinal, não somos máquinas!
    Bjo, amigo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda temos muito que aprender sobre nós mesmos, Odete!
      Bjo, amiga!

      Excluir
  10. Interesting thoughts... I did have a partial cornea transplant last year, but I haven't seen anything out of the ordinary. BUT the real reason I'm commenting is to thank you for your recent comments on my blog. They are most appreciated. --Bill

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello, Bill!
      I found it very interesting this matter of the heart, and admire your photos on your blog!

      Excluir
  11. EN CUESTIONES DEL AMOR, QUIEN PIENSA ES EL CORAZÓN.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  12. Concuerdo plenamente, Reltih!
    Abrazos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Vitor,
    Estou só respondendo pois estou doente.
    "Se eu morrer que esmaguem meu coração".kkk
    Beijos no coração
    Minicontista2

    ResponderExcluir
  14. Impecável!

    Parabéns amigão virtual.

    Um abração carioca

    ResponderExcluir
  15. Muito interessante, as histórias são incríveis e por elas pode-se com certeza concluir que "o coração tem cérebro"
    Um abraço
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não tem, ao menos uma energia muito intrigante ele tem!
      Forte abraço!

      Excluir

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece extraordinariamente o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.