quarta-feira, 12 de junho de 2013

"Rebeldia" tem limites!


    Nesse próximo mês de Julho, espero poder comemorar mais um aniversário, quando estarei completando sessenta e oito anos!

    Nesse momento, um retrospecto do que eu vivi até aqui, inconscientemente, me vem à lembrança!

    O que me inspirou a abordar esse assunto, não foi outra coisa senão, a imagem desrespeitosa de um  jovem  fotografado num protesto de rua, ontem, na cidade de São Paulo!






    Lembrei dos meus dias no Grupo Escolar..  Dos hinos que cantávamos antes das aulas...Do respeito ao Pavilhão Nacional...Das comemorações em datas festivas...

    Muito tempo mais tarde, já incorporado às fileiras do Exército Brasileiro...Embarcando com destino  ao Rio de Janeiro, em 1964, para defender as Instituições Democráticas...Fazendo parte da Guarda à Bandeira em solenidades repletas de emoções patrióticas...Contribuindo na formação de jovens brasileiros na conquista da cidadania -  em momentos conturbados dos anos de 1968 a 1973 na capital de São Paulo - e nos Tiros de Guerra do Interior, nos anos seguintes, como instrutor...



    Em nenhum momento da minha vida, eu imaginei que presenciaria essa cena estúpida, desse jovem imbecil!   Esse mesmo, que daqui a alguns dias estará se enrolando na bandeira para comemorar as possíveis vitórias da Seleção de Futebol!

O QUE ESTÁ ACONTECENDO, MEU BRASIL?
Proteste com decência e respeito!
    Junto aqui também os veementes protestos dos filhos e até dos meus netos, que indignados me chamaram a atenção para a situação insuportável e insegura das ruas, agora ocupadas por verdadeiros baderneiros a serviço de setores interessados em desmoralizar as Instituições, utilizando erroneamente a liberdade democrática tão duramente conquistada na minha geração!

                          "O meu direito termina onde começa o direito do outro".


LIBERDADE NÃO SE GANHA, CONQUISTA-SE! 


          " Não vale nada um povo que não sabe defender a honra da sua Pátria". Friedrich Schiller

13 comentários:

  1. Oi, Vitorio!!
    Ontem assisti a chamada do JN e apareceram cenas do protesto em São Paulo. O que mais me chocou foi um carro atropelar pessoas que estavam fazendo um cordão na faixa de pedestres. Não sei o que o motorista pensou quando tomou essa atitude, mas imagino o estresse que todo mundo passa naquelas vias todos os dias para ir e voltar do trabalho. Não gosto mais de ir à São Paulo por causa do trânsito. O governo não dá opção de transporte dígno e ainda sobe as passagens de ônibus. Os manifestantes pecaram quando partiram para o desrespeito ao patrimônio público e uso de força.
    Andei apenas uma vez de ônibus em São Paulo e há muito tempo - achei horrível! O povo é tratado como gado, algo indígno, um descomprimento a nossa constituição que prevê direito ao básico. Falar em democracia quando os governantes tiram de seus cidadãos a dignidade, não é algo justo.
    O exemplo vem de cima!!
    Bom restinho de semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  2. Oi Luma!
    O protesto pacífico é direito adquirido na Democracia, mas tirar das pessoas o direito de ir e vir, atos de vandalismo, agressão aos símbolos nacionais, são e serão sempre reprovados por qualquer cidadão! Se você acha que o protesto é pelo preço da passagem dos ônibus, você está muito enganada! Todo ano que tem eleições, São Paulo vira alvo de partidos interessados na desmoralização do atual governo! São Paulo é a vitrine do Brasil.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Ainda em resposta à Luma. As perguntas a respeito das manifestações podem talvez serem respondidas aqui.. bjs

    ResponderExcluir
  4. Impossível ficar indiferente acerca do caos que se instalou em SP, apesar de ter tentado.
    Os excessos são lamentáveis de todos os lados, misto de badernagem política, repressão truculenta, devaneios de Anarquia...
    É patente o retrocesso dos sonhos libertários de 1960 e da esperança democrática de 1980. Não sei se o que vejo é uma baderna ou uma barbárie...
    "Há soldados armados, amados ou não quase todos perdidos de arma na mão, nos quartéis lhe ensinam, uma antiga lição: de morrer pela pátria e viver sem razão"

    ResponderExcluir
  5. É isso aí, Janaina! O mau uso da liberdade por uma minoria, resultará em restrições generalizadas para agrande maioria! É esperar pra ver!

    ResponderExcluir
  6. Me confundem estas manifestações.
    Elas trazem as suas verdades, mas metidos por entre elas, há gente que vive de guerras e são pagos para os distúrbios e são muito perigosas!
    Atuam em todo o mundo e são como se não tivessem Pátria - mercenários - eis o nome correto!

    Sou portuguesa, mas tenho a família mais direta em São paulo, onde vou muitas vezes.

    Espero que se acalmem e resolvam a situação através do diálogo.
    Sei que é difícil, mas alguém tem de alertar o povo! Alguém com garra e com verdade e dignidade.

    Gosto do blogs!

    Maria luísa (os7degraus)- Poesia

    ResponderExcluir
  7. Pois é, Maria Luisa! Vamos torcer para um movimento pacífico! Mas é necessário o povo tomar nas mãos o destino de um país tão delapidado pela corrupção e descaso dos governantes. Se temos capacidade para construir maravilhosos estádios em tempo recorde para a Copa, por que para as necessidades do povo se arrastam há séculos? "Ai esta terra ainda vai cumprir seu ideal..." Obrigado pelo comentário!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Vitorio!
    Não acho que as manifestações sejam apenas pelo aumento da passagem - esse motivo foi a gota d'água.
    Mas acho que o blogue "Alerta Total" viajou na maionese. Não podemos subestimar os jovens e acredito que os "infiltrados", esses sim tem posicionamento radical e talvez pertença a um desses grupos de esquerda tem interesse de minar as manifestações.
    Bom restinho de semana!!

    ResponderExcluir
  9. Tentei comentar o voo livre no outro blogs, mas não encontrei onde comentar, gostaria que se juntasse à minha poesia, embora tivesse tido seu comments nos "7degraus", o qual agradeço.

    Tem por aqui, ao meu lado, um gatinho muito interessado a passar as páginas de um livro? Claro que sabe!

    Com mais tempo, lhe vou mandar um poema meu dedicado ao amor das pessoas que gostam de planar.

    Mas me mande essa águia que em liberdade, dá ao homem a vontade de voar.

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  10. Tem razão quando diz que há dinheiro para tudo, menos para os pobres...É verdade!

    Maria luísa

    ResponderExcluir
  11. Olá, Maria Luisa!
    É possível que você tenha passado sem perceber o link para comentários do meu outro blog, porque essas postagens foram transferidas do vitornani e eu não quis perder os comentários que existiam. Quanta à águia, não entendi o que você quis dizer. Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Voar

    Um dia...ouvi alguém assobiar
    o canto do teu vento
    batendo na Asa Delta
    sonho dos homens
    de voar.

    Escutei aquele som
    e encontrei-me por instantes
    nas tuas matas.

    Ali estava de novo
    E o sonho sonhado
    E não realizado.

    Não senti o murmúrio
    cálido e distante
    do voar...
    não tive esse talento!

    Nada fiz de diferente!...


    Para si,
    Parabéns por o ter feito!

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  13. Maravilha de poema! Vou colá-lo no meu outro blog! Obrigado, Maria Luisa!

    ResponderExcluir

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece sobremaneira o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.